05/08/2011

These Days

Antes de qualquer coisa.

Preciso dizer que quase desisti de postar esse texto, as coisas tem sido sem alarmes e sem surpresas, sim, isso é fato, mas é fato em relação a mim.

Li um texto que me trouxe sentimentos, quais eu não sei, mas que me levou a longe...longe...longe...

Parabéns... E quem os recebe sabe do que estou dizendo...

Estou orgulhoso...a velha Estação Britânica já pode se aposentar agora!

Agora vamos lá...na integra.






Capitulo 1 - O Que é Reinvenção?

De alguma maneira cheguei até aqui, vinte e poucos anos, que já não soam como antes, o Fábio Junior parecia mais jovem que eu, tinha mais vida pela frente e menos rugas, parecia mais legal.
Mas que bobeira, não? Que devaneio fantasioso.
Estou falando de uma música, é uma canção, é fictício, é inventado!

Ah, e isso talvez me amenize, não preciso me sentir jovem. Renato Manfredini Junior gritava "Somos Tão Jovens" enquanto era realmente jovem, e continuou gritando quando não era mais. As pessoas ainda gritam isso, em salas, bares, quartos, entorpecidas ou não. Eu mesmo ainda faço isso, e farei sendo jovem ou não, mas ele, que grita quando você quiser, bastando apenas um "play", ele esta morto, ele não é mais jovem, ele não é mais vivo.

Sim, de alguma maneira cheguei até aqui, carrego a grande dúvida da ciência, memória genética, carrego comigo memória genética dos meus antepassados, que tinham o mesmo nome que eu, mesma data de nascimento, mãe, pai, número de RG e CPF. Tenho alguns trabalhos e algumas aulas, algumas novas maneiras, ou se preferir, reinvenções.

A gente se reinventa...isso é lindo, não é?
E cada vez que isso é feito, com intenção, ou não, nasce um novo "eu", já cansado e velho, lembranças genéticas de "eu's" passados.

Nascer de novo, já com dentes permanentes, sem período sexualmente inativo. É lindo a reinvenção, é lindo recomeçar.

É lindo...é lindo...e é lindo. (Já ouvi isso antes).

É aterrorizante nascer de novo sem os tempos de menino, sem as moedas para comprar chiclete, ou as tardes que nunca mais verá. É assustador nascer de novo com anos de vida pela frente reduzidos.

É hora de se reinventar?

É aterrorizante...é aterrorizante...é aterrorizante.


Reinvenção seria a droga dos certinhos?


Capitulo 2 - Perto Demais

Perto de um futuro incerto, sempre se acostumando, e nem por isso gostando,
Essa cidade não faz mais bem...

Perto de cadernos e versos, uma noite sozinho em uma vida de excessos não o faz encontrar o que te faz bem,
Não o faz encontrar algo para buscar.
Você esta perto demais para poder fugir,
Como fugir se vendo enraizar?
Essa cidade não faz mais bem...

Perto, e com um futuro incerto.
Uma vida em aberto então...
Uma canção sobre o certo?
Não.

Não é isso que vim dizer, e não é disso que vou viver,
Me parece que o que esta perto esta longe de estar certo.
Essa cidade não faz mais bem...

Perto...
Bem na verdade perto demais,
Sempre se acostumando, e nem por isso gostando,
Essa cidade não faz mais bem...

Essa cidade não faz mais bem...

19/01/2011

De volta ao Oeste...

É que me parece que não estive por aqui, sabe que parece mesmo.
Mesmo assim a estação nunca acabou, ela apenas dormiu. Dormiu para não ver as tragédias, ficou ilesa, assim também não viu o que houve de bom.
Espero que tenha feito bem para ela.

Então, está de volta o blog mais interessante de todos, pronto para inundar todos que visitam com seus ótimos textos e dicas.

Nada hoje, mas muito logo estaremos convidando-os para mais um chá, mesmo se nada mais der certo.

17/06/2010

O Que a Gente Vai Ser Quando a Gente Crescer:

Eu tenho pensado nisso há muito tempo, feito planos e mais planos, e os desfeitos com a mesma frequência.
Os anos tem passado e tenho percebido que cada vez eles estão mais curtos, novembro nem demora tanto, e dura cada vez menos. Fiz poucas das coisas que queria fazer, e muitas que não queria, e também fiz coisas que não estão na escala de bem ou mal,coisas inesperadas, fora de qualquer pré-plano.
Tenho morrido um pouco a cada dia e inventado novas saídas também, tenho andado distraido comigo mesmo, tenho conhecido poucas pessoas e perdido muitas, ignorado velhos conceitos, tenho feito do meu jeito, assim como Sinatra, mas tenho feito de uma maneira que só me dói, e cada tarde procuro encontrar uma saída rápida, sou preguiçoso, e não tenho encontrado nada que procuro, nada a curto prazo, são as mesmas páginas, as mesmas falas que me levam a me vender, e caros passageiros, estou vendido!
Ou faço assim ou morro a qualquer momento.
Não sei por quanto tempo, não sei o prazo de validade do que digo hoje, mas lá vou eu inventar uma saída denovo, à procura de tentar achar uma certeza qualquer que seja, a procura que dura parece pela vida inteira, com percas e danos, e imagens e memórias que entre outras coisas servem principalmente para me me machucar, à procura do que posso fazer para isso não acabar em um desastre, em uma promessa não resolvida. À procura de um sorriso real, de uma idéia genial, de uma saída natural...
À procura do que eu vou ser quando eu crescer.

E você , já sabe o que vai ser quando crescer:

Esquecer dessa pergunta é o nosso grande erro da vida toda.

19/05/2010

Sabe, eu pensei em escrever algo para a volta da estação, mas sabe, já disseram perfeitamente tudo que eu penso.

Runaway Train

13/01/2010

Melhores Filmes 2009



É hora das listas.

E antes de receber críticas vamos deixando claro algumas coisas quanto a lista.
Não são filmes lançados em 2009, e sim filmes que eu vi no ano de 2009, tem filme até da década de 50 por ai.

Só valem os filmes que eu vi pela primeira vez em 2009, por isso não ter The Dark Night ou Walk The Line.

Por hora é só. Ai esta ela:

10 - Hotel Ruanda
9 - Chinatown
8 - Amadeus
7 - Tempestade de Gelo
6 - Onde os Fracos Não tem Vez
5 - O Homem Elefante
4 - Crepúsculo dos Deuses
3 - O Lutador
2 - Taxi Driver
1 - A Primeira Noite de Um Homem

Até!

09/12/2009

Quatro Anos Atrás!

Quatro anos da primeira postagem por aqui. Fazia 25 anos que John Lennon havia sido assassinado, agora já fazem 29.
Eu tinha 20 anos recém completos, hoje tenho 24.
Puta que pariu!!!
O mundo, pelo menos o meu mundo era totalmente diferente do de hoje, eu ainda tinha um monte de planos em primeira estância, agora é tudo chamada de emergência.
É mole!


Esta durando esse idéia de blog, por vezes mais movimentado, por vezes menos, sem sintônia com a minha vida por horas, com sintônia de mais por outras, mas vai sobrevivendo.

Se algum dia eu tiver um filho, eu apago o blog, não necessariamente quando ele nascer, mas sim quando ele aprender a ler.

Em quatro anos pessoas vêm e pessoas vão. Eu não esperava que os ultimos quatro anos fossem como foram, por isso não espero nada dos próximos quatro.

Nem espero que vocês mudem. Tá tudo intríseco. Nós somos assim. Em quatro anos alguns visitaram e deixaram de visitar a estação, e nos próximos quatro outros virão e partirão, então tudo corre normalmente, sempre.

E nos ultimos quatro dias eu usei um texto que li em um blog para me ajudar em uma redação (viva o cigarettes in hell!!!), eu bebi cervejas e tive dores de cabeça, eu vi o pequeno príncipe aterrisar na terra, eu pensei no quanto se repete as mesmas coisas, eu vi que coisas que eram legais e cheias de vida morrerem.
E isso que importa, os últimos quatro dias e não os últimos quatro anos.

Não há magoás, mas há fim de idéias e de pensamentos. As vezes não sentimos mais o que sentiamos antes.


Mas a estação não acaba, não enquanto eu ainda precisar dela!


Quatro anos de Estação Britânica, viu como eu consigo?

Até o próximo chá, sem amigos em nossos econtros.

25/11/2009

New Song, Filminhos, Culpa e Medo.

Tá bem, primeiro vai uma letra de uma musica nova, que eu ainda não terminei.

"Nosso Tempo Acabou"

Era ela, a casa velha
que chovia sem parar.
e era tarde, um fim de tarde
com mil amigos em outros lugares.
E eu dizia por todos dias
mas minha fé perdeu lugar.
E era ela, a casa velha
que chovia sem parar.

Eu crescia, e me perdia, eu só pedia.
Eu cantava, me magoava, eu só crescia.
E do meu lado um velho acabado que o tempo todo me dizia,
que eu cantava sim, me magoava sim, e me acabava,
não mais crescia.

Ele um dia vai dizer que a vida se foi,
um dia vai me culpar,
e vai dizer que o nosso tempo acabou.
E vão dizer que o nosso tempo acabou
e que não somos as crianças que fomos um dia há muito muito atrás.


Is this it. Como eu já disse, ainda falta por terminar.


Agora quanto aos últimos filmes.
Perdi o compasso dos meses, mas vai aqui a lista dos últimos, na barra de filmes na parte de cima do blog se encontra a lista toda.

Lucas - Um Intruso no Formigueiro
Dia dos Namorados Macabro
O Chamado
S.Darko
Os Indomáveis
Meu Pé Esquerdo
Ventos da Liberdade
Tempos de Paz
O Anjo Exterminador
Piratas do Caribe - A Maldição do Pérola Negra
Extermínio
A Herança de Mr.Deeds

Quem acompanha a estação sabe que nessa lista esta faltando as tradicionais cores que eu coloco para dizer o que achei do filme, mas não sei que diabos esta acontecendo aqui nesse editor que o botão de cor não esta aparecendo, e nem o de centralizar, justificar e tal.
Quando eles resolverem dar as caras eu os coloco.


Quanto ao resto do título, ele está intríseco por aqui, e em tudo mais que eu faço.

Até o próximo chá!

E o que vai ser quando março chegar?

16/11/2009

"Guardanças"

A gente guarda um momento prazeroso para aliviar os momentos tristes. A gente guarda um guarda-chuva molhado para quando chover novamente. A gente guarda tudo que dói no peito para transforma-los em uma ou outra frase de efeito, que ajude aos outros, ou que aumente nosso ego, assim nos achamos pessoas com palavras sábias.

A gente guarda a porra da dor, a droga dos erros que vão caminhar com a gente a vida toda, iluminados ou não. A gente guarda para sorrir e parecer interessante em meio a um palácio de sujeira.

A gente guarda com um cadeado louco para ser aberto todas as nossas vergonhas esperando que os elogios que vamos receber durante a vida nos convença que não somos tão ruins assim.

E de vez em quando a gente cospe o que a gente guarda, cospe nos nossos próprios rostos, misturados com sal à espera que um dia nos deixe.

A gente é corrompido todos os dias culpa de nossas fraquezas, a gente é assim, um guarda vergonha, um conjunto frustrado, uma solidão a procura de um ombro.

A gente só precisa se virar no final.

01/11/2009

Tardes Vermelhas

Lá vem Novembro. Lá vem o mês mais lindo do ano. Lá vem as tarde vemelhas.





Tá certo que essas chuvas desse ano estão querendo boicota-lo, mas as duas últimas tardes de outubro deram uma amostra do que nunca falha.



Novembro faz o que pode para tudo se tornar um pouco menos ruim. Espero que façamos nossa parte.
Espero não estragar mais nada.



Músicas para as tardes vermelhas: (Clique)

Flowers in The Window

How It's Gonna Be

6th Avenue Heartche

Take a Picture

Ruby Tuesday

28/10/2009

Lista de Músicas




O moderno mundo do Windows Média Player me deixou saber quais as músicas mais tocadas em meu humilde quarto, (até por que só ouço músicas no Mádia Player dentro do quarto, o que faz não ser uma lista muito real, e sim uma lista das músicas que mais ouço sozinho entre quatro paredes.)

Segue então a lista com as 52 músicas mais tocadas nessas circunstâncias durante esse ano.

1 - Bad Things - Jace Everret
2 - Daddy's Gone - Glasvegas
3 - Use Somebody - Kings Of Leon
4 - Ladies and Gentleman - Kasabian
5 - The Sound Of Silence - Simon and Garfunkel
6 - Some Of Us - Starsailor
7 - Piazza, New York Catcher - Belle & Sebastian
8 -Where Did All The Love Go - Kasabian
9 - Telling Them - Starsailor
10 - Postcards From Italy - Beirute
11 - Don't Think Twice, It's All Right - Bob Dylan
12 - Guaaranted - Eddie Vedder
13 - The Way - Fastball
14 - Hurt - Johnny Cash
15 - Underdog - Kasabian
16 - Take Me Away - Oasis
17- Ela Disse Adeus - Paralamas do Sucesso
18 - I'm Only Sleeping - The Beatles
19 - Stuck Inside Of Mobile With The Memphis Blues Again - Cat Power
20 - Sex On Fire - Kings Of Leon
21 - Baby, I'm Gonna Leave You - Led Zeppelin
22 - Conversa de Botas Batidas - Los Hermanos
23 - Won't Let You Down - Oasis
24 - St. Apolonia - Beirute
25 - This Ain't Love Song - Bon Jovi
26 - Hard Sun - Eddie Vedder
27 - Você Pode Ir Na Janela - Gram
28 - These Days - Bon Jovi
29 - Hallelujah - Jeff Buckley
30 - The Man Comes Around - Johnny Cash
31 - Closer - Kings Of Leon
32 - Unintented - Muse
33 - Sad Song - Oasis
34 - Romance Ideal - Paralamas do Sucesso
35 - Mr. Robinson - Simon and Garfunkel
36 - Eleanor Rigby - The Beatles
37 - Luv - Travis
38 - Lord Anthony - Belle & Sebastian
39 - They Times, They Are Changin' - Bob Dylan
40 - My Way - Frank Sinatra
41 - Corpus Christi Carol - Jeff Buckley
42 - I Hung My Head - Johnny Cash
43 - Fire - Kasabian
44 - You Shook Me - Led Zeppelin
45 - Além do Que Se Vê - Los Hermanos
46 - Strange Think - Oasis
47 - Battle For The Sun - Placebo
48 - Black Star - Radiohead
49 - One Headlight - The Wallflowers
50 - Half of You - Cat Power

13/10/2009

Donnie Darko e a Incapacidade de Qualquer Coisa



Donnie Darko esta fácil entre os meus filmes favoritos, aliás para quem não sabe, o que hoje se chama "Estação Britânica L.Stranger" já se chamou durante um bom tempo "Estação Britânica Lelo Darko", e isso já diz o bastante.

E agora depois de mais de quatro anos que vi o filme eu encontrei por ai nas mãos de judeus várias teorias malucas, porém com sentido, sobre o filme. E chego a uma conclusão bizarra de que talvez não tenha entendido nada do filme, que mesmo assim ainda circula entre os favoritos.


E agora, também depois de mais de quatro anos, eu assiti um filme chamado S.Darko, que se diz continuação de Donnie (sem nenhum ator, atriz, diretor ou roteirista em comum). Evitei durante quase um ano de vê-lo pois sabia a catástrofe que seria, e não me desapontei. S.Darko é tão ruim que quase não dá para fazer ligação nenhuma com Donnie, a não ser nos momentos que o personagem é citado.

O filme é tão vázio, e é tão sem porque que você tem vontade de rir. Em certos momentos há refilmagens péssimas do primeiro e único filme, é ai então que quase você da 'Stop' na película e parti para outroa


Enfim, S.Darko é um filme que todo fan de Donnie deve assitir sim, para confirmar o quanto gosta deste. O lado bom é que ao terminar de ver S bate uma grande vontade de rever Donnie.
Antes do continuar, eu não tenho uma bar, nem uma padaria, nem um açougue, nem um restaurante, por que sou incapaz de conseguir tantas riquezas na vida, mas para a galerinha fãn do Marcos Mion, eu sinceramente quero que ele pegue A...e M....!!!!!
Sabe como é né, eu tenho inveja dele!

Agora sim sobre a incapacidade de qualquer coisa.


Sei que nada tem haver com o filme, e sei que já comentei aqui quanto ao fim de tudo, todos estão parando de treinar a vida e partindo para o jogo e eu aqui, escrevendo em um blog de certa maneira cretino. A banda que fez minha juventude acabou, a minha banda agora tem dois pagodeiros de plantão, daqueles que vão em shows mesmo, e não um nem dois, vários, um modelo fotográfico com fotos no orkut que me fazem rir. Sim ainda adoro eles, mas isso é um tanto quanto simbólico saca?


Simbólico sim. É um fim trágico para tantas coisas. Uma incapacidade de evitar esses fins. Tem mais um monte de fim por ai ainda acontecendo e pronto para acontecer.
Vou dizer viu, alguém tem um bom roteiro ai?

07/10/2009

O Som do Silêncio

Vão vir músicas que nos farão cheios de vida, e músicas que nos farão chorar. Vão vir filmes e mais filmes que nos levarão horas e horas em mundos e vidas diferentes.

Virão oportunidades daquelas que pedimos durante a vida toda, e nós vamos jogar elas foras, encher elas de drogas e perder toda a razão, toda a adimiração e toda a beleza do que pensamos tanto em ser.

Tenho certeza que isso vai acontecer, e se por algum acaso não acontecer, ai não haverá destruição, por que só haverá fracasso e um lírico 'como seria?'.

Eu vou anunciar o fim do mundo e peço que alguém fique do meu lado para me lembrar que não era para eu estar fazendo isso.


De resto tem filmes de faroeste muito bons, eu nem acreditava muito neles, mas "Os Brutos Também Amam", que na verdade se chama "Shane" é um lindo filme.
Lindo como a primavera que só chega no fim de outubro.

Percebeu que até os meses acabam?

Acabam igual aos blogs. E esse blog também vai acabar um dia.

Vai acabar com um funeral digno de chefe de estado, assassinado antes do grande golpe para um poder eterno.

Eterno claro enquanto a vida dura.

E quanto a sua vida dura?

28/09/2009

Tá vendo algo?
Eu não!

Tem me visto?
Eu não!

"Dizem por ai que andamos sérios, e dizem tudo que parece ser razão,
e vão fazendo as nossas vidas com suas cores, e plantando em nossos peitos suas dores.
Me dê um café, um cigarro e uma canção."

Segue a lista de filmes dos últimos dois meses, um tanto quanto menor que qualquer outra.

_Capítulo 27
_ A Profecia (Refilmagem)
_ O Show de Truman
_ Cadillac Records
_ Crepúsculo dos Deuses
_ A Culpa é do Fidel
_Os Brutos Também Amam

Até!

18/09/2009

Dias Cinzas

As coisas tem acabado. Esta tudo acabando. Minha infância acabou, minha adolescência acabou, meus dias mais felizes acabaram, minhas memórias já me cortam e por isso venho evitando-as. Meu sorriso acabou, minha imaginação não tem mais graça, na primavera vai chover, a empolgação no que é novo me deprime e o que é velho já não existe mais.
Os meus amigos estão acabando, meus sonhos estão acabando, a fé em mim já acabou, tudo que eu imaginava que pudesse me fazer feliz acabou, o mundo que eu conhecia até então acabou e agora então resta planejar uma maneira de ao menos aguentar levar os dias, cinzas e vazios.
E ainda parece que tudo acontece e nós nunca estamos lá para notar!
Não é questão de valor sentimental, é questão de falta de graça mesmo.

10/09/2009

Uma Nostalgia Básica

Sabe, estou entre "cigarettes and alcohol", as três da manhã, tendo uma nostalgia básica. E um blog serve para lembrar-me no futuro que essa noite existiu.

"...mas tudo agora é de outra forma."

This Ain't Love Song - Bon Jovi

The Way - Fastball

Só essas duas por que não estou com paciência para links e tal.

Juro que essa semana tem alguns posts de verdade!!!

27/08/2009

E Assim Sempre

Une autre lettre.

Ela se encantou quando te viu.
Te inventou da forma mais sútil.
Lhe contou seu mundo em um segundo
e fez desse segundo todo um mundo.

E ela então nunca mais sorriu,
e fez da sua vida um dia frio.
Suas lembrançãs todas e seus quadros
todos igualmente mal pintados.

Ah, sei que você só vai chorar
quando a perder.

Ele não notou quando te viu.
É triste não notar o que é sútil.
Tudo o que você sempre dizia
só lhe parecia poesia.

E ele não, ele nunca sorriu.
E fez de sua vida um dia frio.
Por vezes ele chora e se arrepende,
a as vezes até acha que entende.

Ah é que você só lhe inventou
para se salvar da dor.

E assim sempre...

12/08/2009

Vidas de Mentira


Well, well, well...


Julho acabou e não teve nada, nada de interessante ou de feliz na vida real.
Acho que eu não gosto da vida real.

Vale a pena então falar somente da vida de mentira. Essa eu acompanhei de monte, foi o mês recorde de filmes, talvez eu chegasse a 30 deles, mas uma pausa na reta final fez alcançar os 19, fora episódios de "True Blood" e "Sobrenatural".

Segue então a lista:


1 - Baby Blues
2 - Deu a Louca nos Monstros
3 - Em Boa Companhia
4 - Amaldiçoados
5 - Presságio
6 - Watchmen
7 - O Homem Elefante
8 - Batman - O Cavaleiro das Trevas
9 - Sete Homens e Um Destino
10 - Hotel Ruanda
11 - Sleppers
12 - Chinatown
13 - O Lobo
14 - Harry Potter e o Enigma do Príncipe
15 - Batman - Beggins
16 - O Anjo Malvado
17 - A Primeira Noite de Um Homem
18 - Batman - Eternamente
19 - O Sonho de Um Homem Ridículo (Curta baseado na novela de Dostoiévski)

Algumas pequenas notas:

"Baby Blues", como eu já comentei aqui é impagável. Diferente de quase tudo que havia visto na ideia de suspense.
Destaques também para o lindo "O Homem Elefante" do David Lynch, "Chinatown" do Polansky, um filme também diferente do que costuma-se ver, e "Hotel Ruanda" que não me lembro de quem é.

"O Cavaleiro das Trevas" já é figura carimbada e não vou comentar, porém preciso falar que "Batman - Eternamente" me dá vergonha alheia!

Mas em um mês lendário nos filmes, onde ao menos quatro deles vão marcar para sempre, um deles é quiçá o filme da minha vida. Com as musicas mais bem colocadas que já pude imaginar e a sensação de uma maçã na garganta no final, "A Primeira Noite de Um Homem" é a mais legal das vidas de mentira que vi esse tempo.

E agora vou ao lado negro da força. "Presságio" é tão chato e tem um dos piores finais de todos os tempos, aliás o que acontece com o Nicholas Cage? A cara de bobo dele aumenta a cada filme.

E um dos ápices do terror no cinema, umas das coisas mais chatas de assistir de todos os tempos é "Watchmen". Eu não tenho o que falar, aliás, quero esquecer disso.


Well, well, well...

É assim, enrolando apenas, falando superficialmente sobre vidas que não são minhas que dá para ir tocando isso aqui, se eu for falar da minha vou vomitar enquanto escrevo.

30/07/2009

Eu Não Acredito Nos Beatles

Deixa estar!?

Parece que o mundo pode passar e tudo pode acabar, enquanto estamos parados, esperando o estar que sabe-se lá se um dia vai chegar. As vezes pareço aflito vendo os carros que passam, e as pessoas que andam, sem que eu lhes diga nada que por vezes quero dizer.
E não parece que vou poder dizer um dia. As pessoas não dizem e gostam de ouvir em entrevistas.
As vezes pareço querer me entrevistar. Me ver e me xingar. As vezes pareço precisar me ver de fora.
(E percebe que eu escrevo sobre "eu" e sobre "nós", variando?)

E é assim, parece que cansei de deixar passar, de deixar acontecer, de deixar estar.

Mas o pior de tudo isso, é que pouco sei por onde começar a deixar de deixar estar.

25/07/2009

O Sonho de Um Homem Ridículo

"Eu sou um homem ridículo. Agora eles me chamam de louco. Isso seria uma promoção, se eu não continuasse sendo para eles tão ridículo quanto antes."

Este é o início do conto, ou novela de Fiódor Dostoiévski "O Sonho de Um Homem Ridículo".
Um homem decide se matar na noite que se passa, um acaso com uma pobre garota que pedia ajuda e gritava pela mãe na rua o tira o foco, e sentado em sua cadeira, na solidão de sua casa, a beira do suicídio ele adormece, e o seu sonho lhe revela o todo.

Esse conto é um daqueles definitivos, que vale por tudo, cada frase merece uma pausa e uma nota sobre, é um tipo de conto que não adianta apenas ler, é conto para reler e sentir cada reação a cada frase e passagem.

Poderia dizer apenas que é genial e deixa o coração o sangrando.

Até mais!

23/07/2009

O Bacanal

(Clica no desenho que aumenta, ao menos um pouco.)

J. Sarney arrumou um emprego para o namoradinho da neta. Um emprego básico daqueles que qualquer um consegue arrumar por si, dois mil e setescentos reais, mais condução, alimentação e por ai vai.
Bola pingando na área para a oposição.


J.Sarney continua vendo seu nome afundando cada vez mais, e eu e você, criador e criatura desse humilde blog, temos o direito de mandar ele as favas e querer sua cabeça por isso.


Mas será que a oposição também tem esse direito?


Quantos namorados, ficantes, amantes, amigos com beneficios e turma da oitava série devem ter esses empregos que mal dão para uma cervejinha no fim de semana.
É dose ter de ouvir alguns querendo a cabeça do cara enquanto guardam a sete chaves todas as coisas bem piores que fazem.


Por isso digo, vamos derrubar esse homenageador de ingleses ricos sim, mas nós que não queremos o coitado do namorado da neta dele em um emprego 'mixuruca' desses, e não um bando de aproveitadores da burrice e do serviço malfeito.


Não costumo perder tempo com politica por aqui, mas é que tenho tempo de sobra ultimamente.


E então, estão afim de um chá?

22/07/2009

Minhas Sempre Válidas Opiniões

Eu odeio Crepúsculo, não gosto do Tarantino, até aguento Harry Potter, e detesto a Regina Casé.
Nunca gostei da Xuxa, odeio a Vera Visher, a Hebe Camargo e o Marcos Mion, detesto o Charlie Brow Junior e o Nove Mil Anjos, gosto do Snoop, até aguento o Elijah Wood e a Angélica, não gosto do Almodovar, amo a Adriana Calcanhotto e a Cat Power, mas não faço questão da Marisa Monte.

Queria morar em um lugar que não ouvisse falar da Ivete Sangalo ou do Pelé, odeio sotaque carioca, adoro Renato Russo e Cazuza, até aguento televisão, não suporto burrice mas não ligo para falta de informação, queria nunca mais precisar ouvir falar de Fresno, nunca vi um filme do Godart e não faço questão, odeio crítico de cinema, adoro Burton e Depp, não gosto de Eça de Queiroz e amo Machado de Assis.

Odeio pipa e adoro futebol, gosto mas não gosto do U2, amo Oasis e detesto quem os odeia. Detesto Número 23, gosto de 11:14, adoro meia-noite, não gosto muito do meio-dia, prefiro Johnny Cash a Elvis. Gosto de Elvis, amo Rock'n Roll, adoro folk, sou viciado em Britpop, gosto de HardRock, até aguento Punk e não suporto New Metal.

Detesto o Pedro Bial e a Magda, odeio Crepúsculo denovo, detesto pessoas influenciáveis por tudo, adoro meu gosto, e detesto mal gosto.

Odeio com todas minhas forças cultura pop japonesa.
Detesto Kill Bill e amo Stephen King.
Não gosto de Senhor dos Anéis e até aguento Piratas do Caribe.
Não tenho nada contra Best-Sellers, mas repito,odeio Crepúsculo.

Adoro um amor inventado e detesto não saber inventar.

Adoro chá mas tomo pouco.
Gosto de café e tive de diminuir.
Até aguento guaraná mas prefiro Coca-Cola.

Adoro saber o que gosto e o que não gosto.

19/07/2009

MALDITA CONSCIÊNCIA II

Foi criada uma consciência pesada na qual os momentos felizes são substuidos simplesmente por momentos de se passar o tempo sem pensar.
Agora tudo é dividido de um lado em tempo sozinho cheio de pensamentos que não levam a lugar algum que não seja o sentimento de que tudo esta apenas esperando para ficar completamente perdido, e de outro lado o tempo a passar o tempo entre conversas e bebidas disfarçando o que acho que é real com mais falta de realidade ainda, se sentindo aliviado por um tempo pequeno e depois sentindo todo o peso em cima de si por esse alívio.
As coisas eram bem mais felizes antes de eu perceber isso.
É que ando criando consciências que estão acabando comigo.
Algumas pessoas estão se tornando dispensáveis em qualquer conversa de bar ou fila de cinema, enquanto outras me parecem como uma parede sem coluna a me segurar.
Não entenderam quase nada? Eu também não.
É que ando criando consciências que estão acabando comigo.

15/07/2009

MALDITA CONSCIÊNCIA!

Eu não sei mais escrever, na verdade talvez eu nunca soube, porém antes eu achava que sabia, e me sentia muito melhor naquela época.
Maldita consciência!!!

Lembra aquela série que eu comentei dia desses, aquela que os vâmpiros se mostravam para a humanidade, isso devido a um sangue de laboratório inventado por cientistas que os permitia não nos ter obrigatoriamente em sua cadeia alimentar, e assim buscavam direitos de cidadão como os nosssos. Isso é True Blood, série que caminha em sua segunda temporada na Tv americana.

Não sei escrever se gostei ou não da primeira temporada. Não sei. Não sei escrever!

E insisto, eu não sei mais escrever, na verdade talvez eu nunca soube, porém antes eu achava que sabia, e me sentia muito melhor naquela época.

É que ando criando consciências que estão acabando comigo.
MALDITA CONSCIÊNCIA!!!

13/07/2009

Long Live Rock'n Roll Again!


Foi-se o tempo que eu acordava no dia 13 de julho lembrando que era dia mundial do rock.
Mas ainda sou louco por isso!

Segue então, como homenagem, uma listinha das músicas mais tocadas ultimamente na estação.
...
1 - The Times, They Are Changing - Bob Dylan
2 - Stuck Inside Of The Mobile With The Memphis Blues Again - Cat Power (de Bob Dylan)
3 - Guaaranted - Eddie Vedder
4 - Bad Things - Jace Everett
5 - Telling Them - Starsailor
6 - Vlad The Impaler - Kassabian
7 - I Hung My Head - Johnny Cash
8 - Beat It - Michael Jackson
9 - Sex On Fire - Kings Of Leon
10 - Postcards From Italy - Beirute
11 - Won't Let You Down - Oasis
12 - The Sound Of Silence - Simon and Garfunkel
13 - All Along The Watchtower - Jimi Hendrix
14 - Head Over Hills - Tears For Fears
15 - Mad World - Gary Jules (de Tears For Fears)
16 - Daddys Gone - Glasvegas
17 - Going to California - Led Zeppelin
18 - Politik - Coldplay
19 - I Want To Tell You - The Beatles
20 - One Headlight - The Wallflowers

Vou postar nos próximos dias pela primeira vez na estação um conto, em cinco partes, chamado "O Julgamento".
YEAH BABY!

09/07/2009

Meus Queridos Seres das Trevas!

Era 1849 quando Edgar Allan Poe foi encontrado semi-morto com roupas que nem eram suas, nos quatro dias de hospital que ainda havia vida em Poe ele não conseguiu explicar o que aconteceu, e o que poderia se chamar estado absoluto de embriaguês e loucura, no caso de Poe foi nomeado "delirium tremens".
Houve um gato preto assassino e vingativo, vários homens presos atrás de paredes agonizando até a hora da morte, dentes que sobravam de corpos mortos e eram guardados em caixas, assim Poe fez-se um dos maiores contistas da literatura mundial, além de poeta e romancista.
Anne Rice ainda esta viva, a criadora do vampiro Lestat e de toda sua obra maléfica que original o clássico filme dos anos 90 "Entrevista com o Vâmpiro" foi um ser das trevas qualificado, levou toda uma geração a beber vinho achando que era sangue, mas no segundo tempo, quase nos acréscimos, resolveu trair o que lhe deu toda fama, e se tornou cristã convicta, e agora escreve livros apenas sobre a 'obra de Deus', enquanto diz não estar arrependida do que fez a vida toda, já que sabe que Deus vai perdoar a inoscência de outrora.

Vincent Price é o modelo da escuridão, o quiçá ator de terror mais bem sucedido de todos os tempos morreu com seu império escuro em pé, com honra, fazendo a maldade de deixar Edward sem as tesouras e gravando para sempre sua voz na história no clipe "Thriller" de Michael Jackson.

Fácil ver que o mundo das trevas é bem complexo, temos os eternos fiéis, os hereges, sem contar caras como Stephen King, que de vez em quando escrevem histórias bonitas (À Espera de um Milagre, Conta Comigo, Um Sonho de Liberdade) só para enganar mocinhos e mocinhas indefesas e levá-los cuidadosamente para o maléfico.

Esse post é uma homenagem a esses caras, os representantes da desilusão (comercial ou não, dane-se) em pró do que de uma maneira ou de outra é também diversão, essa ambiguidade me soa linda e inesplicável, os seres das trevas merecem um lugar no céu, o eterno papel de imaginar que há outro lado.
Eles são tudo que um lugar pacato e previsível precisa!

Até o próximo "V"

03/07/2009

Baby Blues


Eu nunca havia visto um filme de suspense que fosse tão aterrorizante e perturbador como "Baby Blues".
Baseado em uma história real, o filme foi direto para o topo da lista dos filmes mais chocantes.

O Fim do Primeiro Semestre

True Blood, Eddie Vedder, Michael Jackson, A Girafa e outras coisas mais.

Começou ontem o segundo semestre do inútil ano de 2009, e o que eu espero para ele?

Apenas que seja diferente do primeiro.

Como Junho já se foi, vai aqui a lista de filmes anotados para o caderninho da estação:


_Os 12 Macacos
_Caiu do Céu
_Prova Final
_Quase Famosos
_Melhor é Impossível
_Nick and Norah - Uma Noite de Amor e Música
_Trasnformers 2
_A Mão Assassina


Não houve Lost, pois já não há mais o que assistir da série, porém experimentei a versão para a TV e não tão adequada para menores do chatíssimo "Crepúsculo", a chamam de "True Blood".
E eu ainda não vou falar bem nem mal, por que já tenho o porque para ambos, mais para mal do que para bem, mas vamos ver, o tempo vai dizer.

Esse video da girafa sim é legal, vale a pena!

Michael Jackson morreu, e sei que você já deve ter cansado de ouvir falar disso, por isso não vou falar, só citei para não ficar em branco e quando eu ver a estação antes de morrer lembrar disso.
E sim, era um gênio!

Tem um filme que se você frequenta a estação e não o viu ainda você esta errado(a), "Na Natureza Selvagem" é brilhante, e se não viu pare de ler esse blog e vá fazer algo bem mais interessante que é assisti-lo.

Mas não é dele que eu vou falar, e sim da trilha sonora genial do ídolo-da-minha-adolescência-gênio-grunge-barbudo-que-eu-quase-não-ouvia-mais-porém-sempre-adoro, Eddie Vedder.

"Into The Wild" é o álbum solo de Eddie, e ao mesmo tempo trilha sonora do filme originalmente do mesmo nome, o vocalista do Pearl Jam mostra ali que deveria ter feito isso antes a continuar a lançar os fracos álbuns do Pearl Jam dos últimos anos.
É esquecendo o barulho envelhecido do grunge e indo para as raizes folks que Vedder encontra a fórmula exata para fazer uma das melhores trilhas sonoras dos últimos tempos.

O filme já é do ano passado, assim como a trilha, mas nunca é tarde para dar um aviso por aqui.

O que é pior, viver a fazer algo que não gosta, ou viver a não fazer nada?
De resto não há mais nada, a não ser talvez ver esse clipe para sempre e torcer para que nesse semestre as coisas mudem de lugar, ao menos um pouco.

Até o próximo chá!